A prefeita Roseli Pimentel concedeu na última semana o reajuste de 11,36% aos professores da educação básica I, II e III, além de garantir aumento de 10,67% nos contracheques dos servidores municipais ativos, inativos e pensionistas, exceto médicos e enfermeiros.
Os valores serão creditados já no próximo contracheque e são retroativos ao mês de janeiro. Enquanto isso, mais de 200 prefeitos mineiros se reuniram na capital, na última semana, para alegar que as prefeituras não têm dinheiro para pagar o reajuste aos professores e discutir medidas para tentar sair da crise e tirar os cofres públicos do vermelho.

"Enquanto tem prefeituras que estão atrasando salários, pagando parcelado ou mesmo não cumprindo com o reajuste do piso salarial dos professores, nós estamos garantindo e retroativo a janeiro, esse aumento para vocês", disse a prefeita, durante reunião com parte dos servidores, no Centro Administrativo Municipal, na tarde de 29 de janeiro.

Durante o encontro, Roseli também pediu a colaboração de todosno que diz respeito à administração da cidade. "Quero pedir a ajuda de vocês, porque eu estou gerenciando a cidade com a colaboração de quem trabalha comigo. Então, essa responsabilidade não é somente minha, mas de todos nós", afirma a prefeita.

"Quero pedir ainda que vocês atendam aos cidadãos da cidade com atenção e presteza, porque é através dos impostos pagos por eles que estamos conseguindo oferecer esse aumento a vocês", ressaltou Roseli.

Fonte: Reajustes Garantidos. Leia Agora, Santa Luzia, p. 05, 05 fev. 2016.

© Copyright Prefeitura Municipal de Santa Luzia 2016. Todos os direitos reservados.