Para celebrar o Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, a secretaria municipal de cultura está promovendo neste mês, o Novembro Negro, com o intuito de promover uma reflexão sobre a importância do tema. Trata-se de um projeto que tem o propósito de trazer visibilidade à ancestralidade histórica do povo negro, com um diálogo possível da comunidade africana e seu determinante papel na formação cultural da sociedade brasileira.

As atividades do Novembro Negro tiveram início com o Chá com as Matriarcas, que aconteceu na tarde do sábado (24), no Solar da Baronesa. Através de uma roda de conversa que contou com as presenças das Matriarcas dos Quilombos e também das Griôs e da Rainha da Guarda de Congo, o evento celebrou a tradição da oralidade e sua força enquanto instrumento de preservação da memória e da identidade, bem como seu legado nas formas de expressão e nos modos de criar fazer e viver, evidenciando o evidente papel da narrativa para o conhecimento guardado na memória de uma matriarca.

Ao final do evento todos confraternizaram com um chá da tarde para celebrar a preservação da memória e da identidade.

Como parte da programação do Novembro Negro, no dia 29 de novembro haverá um seminário envolvendo palestras, com os temas: O negro, o empoderamento da mulher negra e da juventude negra. A ação será realizada no Teatro Municipal Antônio Roberto de Almeida, a partir das 18 horas.

Pela primeira vez, alunos do 5º ano do ensino fundamental I participaram da competição.

Mais de 500 alunos da rede municipal de ensino participaram, na manhã deste sábado (24) da XI Olimpíada Municipal de Matemática- OMM. A Olimpíada aconteceu na Escola Municipal Maria das Graças Teixeira Braga e pela primeira vez, os alunos do 5º ano do ensino fundamental I participaram da competição. Ao todo foram 21 equipes contendo 25 alunos cada. 

Criada em 2007, a OMM tem como objetivos promover a integração entre as escolas municipais de Santa Luzia, como também estimular nos alunos o interesse, a curiosidade, o espírito de investigação e o raciocínio lógico, que trata dos argumentos, isto é, das conclusões a que chegamos através da apresentação de evidências que as sustentam. É o sistema que define como se deveria pensar para não errar, usando a razão, dedutivamente e indutivamente. Além disso, a OMM também tem como finalidade desenvolver a criatividade e a sociabilidade, bem como métodos adequados de trabalho em equipe como saber ouvir e respeitar o modo de pensar do colega.

A olimpíada é dividida em duas etapas: Escolar e Municipal. A Etapa Escolar ocorreu em agosto e contou com a participação de todos os alunos do 5º ano.
Na disputa deste ano as equipes se envolveram na resolução de desafios matemáticos, tarefas relâmpago, atividades de montagem, prova objetiva, jogos digitais e outras atividades práticas da disciplina.

A Escola Municipal Professora Síria Thébit ficou em primeiro lugar na competição, seguida das Escolas Etelvino Souza Lima e Santa Luzia.
No dia 1 de dezembro será a vez dos cerca de 300 estudantes de 12 escolas do 6º ao 9º ano do ensino fundamental II, das redes municipal e estadual de ensino participar da OMM. A Disputa vai acontecer na Escola Municipal Miguel Resende.


Alunos da Escola Municipal Edwar Lima, localizada no bairro Palmital tiveram a oportunidade de conhecer, entrar em um avião, conhecer as instalações e ver de perto o funcionamento do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins. A visita ocorreu na tarde desta sexta-feira (23) e beneficiou 80 alunos moradores do bairro Palmital. A iniciativa faz parte da Campanha Patrulha de Segurança Integrada que foi possível graças a uma parceria firmada entre a Prefeitura de Santa Luzia, por meio da Secretaria Municipal de Educação, a BH-Airport e a Gol Linhas Aéreas. 

Na ocasião, os estudantes luzienses tiveram a oportunidade de participar de palestra educativa com dicas de segurança sobre o tráfego aéreo e segurança integrada. Durante a palestra, os alunos escutaram as experiências de controladores voo, aeromoças, pilotos, co-pilotos e bombeiros que deram uma importante dica sobre os riscos de soltar pipas em locais impróprios, próximos a aeroportos e explicaram os malefícios do uso do cerol e linha Chilena. Os alunos também puderam fazer perguntas e sanar curiosidades sobre aviação e tiveram oportunidade de degustar um lanche preparado para todos. Após a palestra, os alunos vestidos de Patrulheiros Mirins de Segurança Integrada conheceram o interior de uma aeronave para saber como é o funcionamento e os mecanismos internos que existem dentro de um avião.

Para o estudante Talysion Juan Morais, de 12 anos, aluno do 6º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Edwar Lima, a experiência de conhecer o funcionamento do aeroporto foi emocionante. "Achei muito legal essa visita, pois nunca tinha vindo ao aeroporto. As pessoas são muito generosas e nos contaram como funciona tudo aqui dentro", disse o aluno.
O prefeito Christiano Xavier e o vice pastor Sérgio acompanharam a visita dos alunos no aeroporto de Confins. Para o chefe do executivo, essa ação é uma boa oportunidade para os alunos. "É uma iniciativa muito importante para essas crianças, pois muitas nunca viram um avião de perto. Isso incentiva os estudos, ajuda na disciplina, pois eles têm a oportunidade de aprender como funciona o tráfego aéreo, além de aprenderem normas de segurança", explicou o prefeito.

Também presente na visita, o Secretário de Educação de Santa Luzia, Ermelindo Martins Caetano, destacou que esta iniciativa visa proporcionar às crianças a oportunidade de conhecer ações preventivas, para que elas aprendam a lidar com situações diversas. "Esta visita é muito importante para os alunos, pois eles tiveram a oportunidade de conhecer todos os mecanismos de segurança de tráfego aéreo e conhecer também o aeroporto que fica próximo à cidade, e também, ter conhecimento de vários empregos que foram gerados e que ainda poderão ser criados com a proximidade do aeroporto de nossa cidade", ponderou o secretário.

Ainda, de acordo com o Secretário a Campanha de Segurança Integrada vai ser estendida para todas as Escolas da Rede Municipal de Santa Luzia alcançando um número maior de alunos.

Foram empossados na manhã desta sexta-feira (23), pelo prefeito de Santa Luzia, delegado Christiano Xavier, os novos membros do Conselho Municipal de Esportes. A solenidade aconteceu no gabinete do chefe do executivo municipal. O conselho conta com 10 membros, com seus respectivos suplentes, sendo cinco do poder público e cinco da sociedade civil.

“Esse conselho é muito importante para que possamos democratizar as análises das deliberações no que diz respeito ao esporte. É importante também para buscar o que é de direito, que é o ICMS esportivo. A existência e funcionalidade desse conselho é peça fundamental para que possamos receber esse ICMS para que possamos fomentar as práticas esportivas na cidade”, garantiu o prefeito.
O Secretário Municipal de Esportes, Marco Aurélio Silva, destacou a importância da criação do Conselho para o município. “É um fato inédito ver esse conselho funcionando. São vários os benefícios que ele irá trazer para o mundo esportivo e o desenvolvimento do esporte na cidade”, disse.

O Conselho tem como finalidade formular políticas públicas e programar ações destinadas ao fortalecimento das atividades esportivas e de lazer em Santa Luzia. O Conselho busca ainda universalizar e democratizar as discussões sobre políticas públicas que possam melhorar o esporte no município.

Empossado como Vice-presidente, o membro da Liga Municipal de Desportos de Santa Luzia, Raimundo Pereira Nonato, ressaltou que a Liga vai contribuir muito para dar transparência aos eventos e aos recursos administrados.
Após a posse dos membros, ficou marcada a primeira reunião do Conselho, para o próximo dia 29, às 16 horas, na sala do Conselho Municipal de Saúde.
Compõem a diretoria do Conselho Municipal de Esportes de Santa Luzia:
• Marco Aurélio da Silva – Presidente
• Raimundo Pereira Nonato – Vice-presidente
• Maria Veridiana Batista dos Santos – 1ª Secretária
• Fabricio de Almeida Junqueira – Tesoureiro
• Juliana Gentil Braga – Secretária Executiva.

Pela primeira vez, o município de Santa Luzia promove o Seminário de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, nesta sexta-feira, 23. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e contou com a presença de diversos agentes envolvidos no tema, que é uma grande preocupação da sociedade luziense.
Presente no evento, o prefeito Delegado Christiano Xavier destacou a importância da união de forças. “Esse alinhamento das forças de segurança, junto com o Ministério Público, o Judiciário e a Prefeitura é um encontro que visa promover a justiça social, principalmente para a mulher, que fica vulnerável frente à violência masculina e várias adversidades. Então estamos aqui prontos para, junto com os demais agentes públicos, criar políticas de prevenção, repressão e apoio a mulher vítima de violência”, disse o prefeito. O vice-prefeito Pastor Sérgio concordou. “Estamos atentos à essa situação e faremos uma série de eventos que irão discutir esse assunto e buscar soluções para o problema”, encerrou o vice-prefeito Pastor Sérgio.
Segundo o Secretário de Desenvolvimento Social, Wander Carvalho, a ideia é impulsionar o combate à violência doméstica e se tornar referência na elaboração de políticas públicas voltadas para as vítimas.